9 de abr de 2013

Competitividade na patinação

Grande parte das atividades esportivas exigem sempre uma disputa entre dois ou mais membros para vencer determinada competição.
Na patinação artística, assim como vôlei, tênis e outros esportes, obrigatoriamente precisa-se de um vencedor e um vencido, e é nesse cenário que aparecem dois aspectos importantes da vivência esportiva: a esportividade e a competitividade.

A Competitividade significa disputa e capacidade de cumprir uma missão com mais ou menos êxito que o outro. A esportividade é o ato de disputa de forma lúdica e recreativa onde a atividade do esporte é mais importante que a vitória em si.

Competitividade em um nível moderado auxilia a evolução dos atletas e consequentemente da prática esportiva, uma vez que o sentimento de derrota em um primeiro momento pode ser um fator fundamental para uma volta por cima. Entretanto, a competitividade dependendo o nível dos atletas envolvidos, pode passar dos limites despertando o que mais de nocivo existe para a atividade esportiva, que é a falta de lealdade e tomada de atitudes anti-éticas. A falta de lealdade pode levar  ao prejuízo físico do adversário. Já as atitudes anti-esportivas vão desde desestabilização psicológica dos adversários com provocações, bullying até perseguições e xingamentos desnecessários.

O que me levou a escrever este post?




Eu, pessoalmente, tenho a patinação como uma atividade recreativa e social, desta forma não vejo a possibilidade de disputa fazer parte das minhas atividades, porém uma palavra desagradável, passou a sondar o ambiente que frequento: RIVALIDADE.
Hoje, penso se realmente vale a pena expor algumas crianças a tal ambiente, que por diversas vezes, se mostrou extremamente competitivo e anti-esportivo.
Que fique bem claro que o que escrevo aqui é minha opinião pessoal, baseada em fatos e relatos do meu dia a dia, fatos estes, que tenho presenciado com muita tristeza.
Com o passar do tempo, após um grupo formado, alguns atletas passam a se destacar, alguns de maneira extremamente rápida e precoce.
A partir do momento que um atleta sobe de nível, por exemplo, todos os outros de sua antiga turma, mesmo que involuntariamente, passam a olhar este com outros olhos, alguns com despeito, ciúmes, outros com raiva por não ter conseguido o mesmo feito, e claro, outros com profunda admiração.

Um novato numa turma de veteranos, pode significar uma ameaça. Aqueles que gostam de manter um certo nível de status e o rótulo de melhor da turma, podem sentir-se diminuídos com o chegar dos novatos que se destacam. Os olhos agora estarão fixados em outro foco. Aí entra a rivalidade.
O ameaçado, passa a perseguir os novatos, provocar pequenos acidentes (por exemplo, "deixando" o pé na frente do outro pra que ele caia) e forçar situações desagradáveis de pressão psicológica, com frases do tipo "saia da minha frente", "você é muito lerdo", "você está em nível errado" e tudo o que há de mais desagradável e anti-esportivo que todos nós conhecemos e que não cabe aqui compartilhar. Isso se agrava e muito quando tal rivalidade, é levada para o lado pessoal.

Me pergunto então, o que levaria um atleta a sabotar o outro de sua própria equipe?
Status?
Falta de preparo psicológico?
Falta de educação e estrutura familiar?
Falta de base técnica e conduta esportiva?
Excesso de auto confiança?
Ou popularmente falando...falta de noção?

Pra mim, o mais importante da atividade esportiva social, seja ela qual for, é manter sempre a esportividade e não levar a fundo a competitividade, pois ao contrário do que mídia expõe, nem sempre ser vencido no esporte significa que a pessoa será vencida na vida.

Você que está lendo este meu post-desabafo, pense em seus momentos nos treinos, reveja suas atitudes e conclua se você é competitivo ou esportivo e coloque na balança qual das opções vale mais a pena.

Competitividade moderada, esportividade alta…

Pra mim nos dias de hoje, vale muito mais a pena ser o mais legal, mais gentil e mais amigo da turma, do que ser o melhor ou o perfeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Patine conosco, deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...