20 de ago de 2013

Lesões pós quedas, como tratar? Frio ou quente?

Tropeçou, caiu, machucou, já dizia o slogan do Gelol.

O frio ajuda no tratamento das inflamações, o calor é indicado para 
relaxamento muscular, e o uso errado de ambos pode agravar as lesões



Lesões causadas por quedas, são muito comuns e constantes na prática da patinação.
Na patinação artística a coisa se complica ainda mais, pois existe uma certa "cultura" de não usar itens de segurança, como protetores de punhos, joelheiras e cotoveleiras.
Após uma torção por exemplo, frio ou quente?


O que fazer de imediato pra lidar com as lesões constantes?

Existem dois tipos básicos de lesões atléticas: agudas e crônicas
• Dor aguda surge rapidamente e tem uma duração curta
• Dor crônica desenvolve-se lentamente e é persistente e de longa duração.


A terapia de frio com gelo é o melhor tratamento imediato para lesões agudas, uma vez que reduz o inchaço e a dor. O gelo é um constritor de vasos (provoca o estreitamento dos vasos sanguíneos) e limita as

hemorragias internas no local da lesão. Aplique gelo (embrulhado numa toalha fina para maior conforto) na área afetada durante 10 a 15 minutos de cada vez. Permita que a temperatura da pele retorne ao normal antes de aplicar uma segunda ou uma terceira vez. Pode aplicar gelo numa lesão aguda várias vezes por dia, durante até três dias.
• A terapia de frio também é útil no tratamento de algumas lesões de excesso de uso ou dores crônicas em atletas. Um atleta que sofre de dor de joelho crônica que aumenta após correr poderá aplicar gelo na área afetada após cada corrida para reduzir ou prevenir a inflamação. Não é útil aplicar gelo numa lesão crônica antes do exercício.
• A melhor forma de aplicar gelo numa lesão é utilizar uma compressa de cubos de gelo dentro de um saco plástico e envolvido numa toalha fina.



Terapia de calor
• O calor é geralmente utilizado para tratar lesões crônicas ou lesões agudas que não apresentem inflamação ou inchaço. É ideal para utilizar em casos de músculos ou articulações doloridas ou rígidas. Atletas que sofrem de dores ou lesões crônicas podem utilizar a terapia de calor antes do exercício para aumentar a elasticidade dos tecidos conectivos da articulação e estimular o fluxo sanguíneo. O calor pode também ajudar a relaxar músculos contraídos ou espasmos musculares. Não se deve aplicar calor após o exercício. Após o treino, o gelo é a opção certa para aplicar numa lesão crônica.
• Como o calor aumenta a circulação e a temperatura da pele, não se deve aplicá-lo às lesões agudas ou a lesões que apresentem sinais de inflamação. Para aplicar calor de forma segura, faça-o durante 15 a 20 minutos de cada vez e utilize camadas suficiente entre a sua pele e a fonte de calor para evitar queimaduras.
• O calor úmido é o melhor, por isso experimente utilizar uma toalha molhada em água quente. Bolsas de água quente também podem ser utilizadas. Nunca aplique as compressas de calor durante mais de 20 minutos de cada vez ou enquanto dorme.
• Como algumas lesões podem ser sérias, deverá consultar o seu médico se a sua lesão não melhorar, ou se piorar, dentro de 48 horas.
Lembrando que ambas as opções são tratamentos de urgência, sempre deve-se procurar atendimento médico no caso de qualquer lesão ou dores persistentes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Patine conosco, deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...