10 de mar de 2014

Isotônicos - Você sabe para que as bebidas esportivas são indicadas?

E o que elas fazem em seu organismo?
Bom, se você sabe, ótimo! Espero que esteja dando exemplo, mas muita gente que está lendo esse post, mesmo não sabendo para que servem, já tomaram algum dia em sua vida.
Inclusive eu já cansei de flagrar crianças trocando o suco de fruta por essa bebida ...

Ei, você que é mãe:
Em primeiro lugar saiba que esse tipo de bebida não é “refresco” e como o nome já diz são consideradas bebidas ESPORTIVAS; se o seu filho não está realizando uma atividade física ou é sedentário... não tem porque estar ingerindo. (Gatorade, Marathon, etc, pra ser mais clara).
Na maioria dos casos, as crianças devem ingerir água pura antes, durante e após a atividade, somente em casos de exercícios prolongados e muito vigorosos, é que pode haver a necessidade desse tipo de bebida. Fatos já comprovados por estudos!

Bebidas esportivas, o que são?
São chamadas isotônicas, ou seja, contém as mesmas proporções de nutrientes encontradas em nosso SANGUE e são formuladas para fornecer quantidades ideais de ENERGIA durante a atividade física prolongada.


Composição: Basicamente contém um combinado de carboidratos como glicose, maltodextrina e uma pequena quantidade de frutose. As quantidades adequadas de sódio nestas bebidas ajudam a compensar as perdas decorrentes da sudorese, já que sua baixa concentração no organismo pode ocasionar HIPONATREMIA (diminuição do sódio no sangue causada pela combinação da perda de sódio pelo suor e ingestão excessiva de água durante a prática esportiva prolongada, provocando assim a diluição do sódio).

Para que servem?
SERVEM basicamente para REIDRATAR!
Este tipo de bebida é usado principalmente, entre atletas ou esportistas de exercícios físicos intensos, atividades aeróbias de longa duração ou que treinam ou competem sob temperaturas elevadas, já que estas condições poderão facilmente levar o individuo a uma DESIDRATAÇÃO  mesmo em atividades com menos de uma hora de duração.

Estas bebidas podem ser utilizadas também por pessoas que se encontram em situações de trabalho prolongado ou pesado, em que a “sudorese é acentuada”, u seja onde a pessoa transpira demais. Além disso, esse tipo de bebida RETARDA A FADIGA e MELHORA O DESEMPENHO em exercícios de longa duração, intensos ou realizados sob uma temperatura elevada, assim ajudam também na regulação da temperatura corporal.
No geral não são necessárias em esportistas recreacionais ou que fazem seus treinos “light” que fazem uma caminhada “tranquila”, por exemplo, nesse caso você precisa é de ÁGUA, não de bebida esportiva.

Serei mais específica: se seu filho, ou mesmo você que está lendo este post, patina 1h por aula, independente da temperatura de seu ginásio, você não precisa deste tipo de bebida, somente água basta.
Se você da um rolezinho na orla, sob um sol de 35 graus você não precisa deste tipo de bebida, somente água basta.

Cansei de ver gente fazendo um treino migué e se entupindo de bebidas esportivas durante ou após seus treinos. Se você treinou uma horinha, mas “de boa” seja honesto com você mesmo e tome água, é disso que seu corpo precisa...
Lembrando que, se você tem como objetivo a perda de peso, é melhor que a bebida esteja dentro dos cálculos de suas necessidades diárias, para não prejudicar a sua dieta, meu chuchu!
Ah, vale lembrar que isotônicos possuem muito sódio o famoso sal, responsável por inchaços, retenção de líquidos, cálculos renais e aumento da pressão arterial, então...hello!



Água
A hidratação é um ponto crítico e determinante da capacidade de treinamento, competição e recuperação. Quando a desidratação chega a ocorrer o corpo entra em fadiga e o exercício é interrompido ou encurtado, podem ocorrer câimbras e você pode levar dias até conseguir hidratar-se novamente.
É comum que os atletas subestimem suas perdas de líquidos através do suor. Além disso, muitas vezes esperam sentir sede para ingerir água. Pois bem, o mecanismo da sede não é um bom indicador das necessidades de líquido, pois, quando você sente SEDE você já está DESIDRATADO.

Hidratação pré treino: Para evitar a desidratação, garanta que está devidamente hidratado antes de começar os exercícios ingerindo aproximadamente 250-600ml água, pelo menos duas horas antes do exercício.

Hidratação durante: A hidratação feita durante a atividade deve ser de em média 150ml a 300ml a cada 15 a 20 minutos, de acordo com a atividade exercida, peso e altura do atleta. Uma criança de trinta quilos não pode ingerir a mesma quantidade de um adulto de noventa. O objetivo da reidratação é repor 100% do suor perdido, só isso.

Não se esqueça! Consulte nutricionista esportivo ou médico do esporte, antes de começar a consumir estas bebidas, eles indicarão qual a melhor utilização para que seu objetivo seja alcançado com sucesso.
Parte deste conteúdo foi publicado pela Nutricionista Juliana Pansardi


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Patine conosco, deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...