14 de abr de 2013

Ludovina de Sheidmam, Padroeira dos Patinadores.

Não importa qual seja a sua crença, acredite sempre que em algum lugar, alguém olha por você, vigia e guarda seus passos...seus saltos.

na ilustração, Ludovina, caída no gelo

A história diz que Ludovina (ou Liduina, Ludwina, Lidwina) nasceu no dia 18 de março de 1380, em uma família materialmente pobre, mas riquíssima na religiosidade e honestíssima. Ludovina era muito vivaz; desde criança lhe notavam o cunho de profunda religiosidade Sendo belíssima, antes dos 15 anos de idade recebeu muitas propostas de casamento, mas por amor a Jesus, recusou a todas para ser fiel a Deus.
Ela descobriu o dom da virgindade, decidindo-se pelo celibato muito cedo.
No dia 2 de fevereiro de 1395, festa de Nossa Senhora das Candeias, atedendo ao convite das companheiras, com elas dirigiu-se ao local de patinação, divertimento muito apreciado na região. Ali sofreu um acidente no gelo, fraturando uma das costelas. O tratamento médico, muito doloroso, não conseguiu aliviar seu sofrimento e, com apenas 15 anos, ficou praticamente paralisada.

Faleceu em Schiedam em 14 de abril de 1433. Durante a sua vida ela já vinha sendo adorada como uma santa. Um ano após a sua morte, a prefeitura de Schiedam construiu uma capela com um altar sobre o túmulo no cemitério de São João. Muitos milagres foram atribuídos a seus restos mortais.

A sua veneração religiosa foi aprovada em 1890 pelo Papa Leo XII, sendo o dia da celebração 14 de abril. Esta santa holandesa é a patrona dos doentes, de muitas igrejas e hospitais e também dos patinadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Patine conosco, deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...