12 de mar de 2015

Preços de patins usados - como comprar, pesquisar, comparar - o dilema!

Me vi na obrigação de fazer este post, pois a maioria das pessoas que chegam aqui, buscam preços, marcas e tipos de patins , além de dicas de como e onde comprá-los, principalmente os usados.

Lembrando que este post é a MINHA opinião e um pouco da minha experiência nesta indústria vital!
Não estou desmerecendo o rico dinheirinho de ninguém, cada um sabe onde aperta sua bota, então você tem todo o direito de discordar!
Equipamento bom é caro e eu não tenho a mínima condição de arcar com alguns valores.


Quando falamos de patins pra lazer (inline ou tradicional), devemos levar em conta, que estes, certamente foram usados em asfalto ou ciclofaixas, certo? Dificilmente alguém usa patins de lazer em quadras de granito ou madeira.

O que quero dizer com isso? 

Em apenas 1 dia de uso, rodas e freios já sofrem desgaste, ou seja, ele não é mais um patins semi novo, ele é usado!
Na minha opinião, patins semi novo é aquele que você comprou, deu umas voltas na quadra ou num piso liso, ele apertou seu pé, e você nunca mais usou!

Vejo muitos anúncios na internet do tipo:

"Vendo patins clássico, usados apenas em 3x. Paguei R$ 500,00, estou vendendo por R$ 450,00"

Me poupe!
Você usou em 3x, você suou, você pode ser uma pessoa que pisa torto, pesada, que não sabe frear.
As rodas, freios e os os amortecedores terão desgaste, os rolamentos terão sujeira, a bota terá marcas e odor, socorro!!!
O que EU considero um preço justo num patins nestas condições??
Metade do preço pago quando você comprou!


Pense comigo...quando você compra um carro zero, na fábrica, ele vem perfeitinho, cheirando novo. Após uma certa quilometragem, ele precisará de revisões obrigatórias, ajustes, trocas de óleo, etc, etc. Se você dirige mal ou ainda põe combustível ruim, ele sofrerá desgaste em áreas que trarão problemas futuros, desculpem as comparações, mas com patins é igual!

A grande maioria das pessoas que conheço, mal sabem descrever com exatidão, a base, bota, rodas ou a lâmina, rolamentos de seus patins,  imaginem então se fazem manutenção... Estas mesmas pessoas são as que colocam seus usados em sites de vendas a preços absurdamente altos, em relação aos novos.
Equipamentos de proteção então...não compraria usados nem pela metade do preço!

Minha sugestão pros menos favorecidos de plantão: pesquise!!! Informe-se!! Saiba quanto custa um NOVO, idêntico e peça desconto!


Cuidados ao comprar patins usados:

Patins usados não têm garantia alguma!
Sim, patins novos têm garantia de fábrica. Eles podem ter problemas críticos, como parafusos espanados, porcas, trucks com defeitos, problemas de ajustes, de costura, de encaixes, nas travas, etc,
Leve isso em conta quando for pesquisar os usados.
Tem gente que quebra as travas de fechamento do inline no primeiro uso!
Tem gente que aperta tanto os trucks do tradicional, pra ele ficar mais duro, que acaba espanando o local de encaixe do parafuso central, aí meu bem...já era, dependendo do material da base, ele tem que ir pra usinagem metalúrgica ou então pro Instituto Nacional de Gambiarras, também conhecido como jeitinho brasileiro!

Fique atento! Pechinche!
Use o Google, é de graça! Preste atenção ao que vem escrito na bota, na base, nas rodas, descubra qual é a marca dos patins que estão vendendo e compare com um novo idêntico.
Você tem que saber exatamente o que está procurando pra não jogar dinheiro fora.

Quatro patins usados já passaram por mim, todos patins de artística. Sempre dei sorte em relação aos preços, justamente porque sabia exatamente o que estava procurando!

Outra coisa importante que deve ser levada em consideração, a forma de pagamento.
Se o vendedor for de outra cidade e tiver que enviar os patins pelos Correios, a melhor coisa pra ambas as partes é que o pagamento seja alguma ferramenta online, do tipo BCash, Mercado Pago, Paypal, Pagseguro.
Estamos em 2015, se você ainda não conhece essas ferramentas, sugiro dar uma olhada. É segurança pra quem compra e facilidade pra quem vende! Jamais faça depósito bancário na conta de pessoas desconhecidas a não ser que tenha amigos em comum ou que a pessoa tenha loja ou reputação, sei lá.


Um resumão

Você decidiu qual patins quer comprar. Se não tem como comprar de algum conhecido, algum amigo que desistiu, se joga na internet!
Antes, tente ir até alguma loja de esportes que tenha patins, pra descobrir qual número você usa, ou experimente patins dos seus amigos.
Patins têm numeração diferente, Americana, Italiana, são números malucos, o ideal é que você saiba o seu tamanho pra não comprar errado!

Use na busca os termos que realmente procura, por exemplo: "patins Rye", "inline Fila NKR", "patins artístico Edea", "inline Seba FR1"

Não se engane com anúncios onde a pessoa escreve "patins profissional", desconfie! Quem conhece realmente um patins profissional, sabe exatamente suas especificações.


Começou a sua caça online?
O que você DEVE perguntar pro vendedor:


  • Quais as formas de pagamento ele aceita.
  • Qual o número da bota, se consta alguma numeração debaixo dela.
  • O que vem escrito na base.
  • O que está escrito nas rodas.
  • O que está escrito nos rolamentos.
  • Peça pro vendedor medir a palmilha, a medida em CM é ideal pra você comparar com o tamanho dos seus calçados tradicionais, caso não saiba seu número
  • Peça fotos reais dos patins.
  • Pergunte o tamanho do pé de quem usava os patins e quanto tempo a pessoa usou.
  • Pergunte se alguma coisa está rasgada, travada ou quebrada.
  • Pergunte o que acompanha os patins (ferramentas, proteções, bolsa)
Onde eu acho patins usados?

Escolas de patinação geralmente trocam seus "estoques"
Cuidado com sites da China...tem muito patins falsificado, acreditem!

Procure o perfil de redes sociais do vendedor, peça um telefone fixo, Whatsapp, referências.
Se puder retirar pessoalmente, marque encontro num local público.


Foi assim que eu comprei os seguintes patins nos últimos 3 anos:
Artístico Rye R4B com rodas totalmente inutilizadas, paguei R$ 150,00
Artístico Star RK Boiani em ótimo estado, com bolsa, ferramentas, collant, 2 pares de cobre botas, paguei R$ 250,00.
Artístico Roll Line Variant Plus, bota Rag Star, jogo de rodas e rolamentos adicionais, com bolsa, collant, meias, 3 pares de cobre botas, paguei R$ 300,00 (novo custa R$ 1300,00 sem acessórios)


Ou seja, dá pra patinar gastando pouco sim!
Atualmente estou procurando um inline, mas como não manjo dos paranauês, tenho muito a pesquisar!






6 comentários:

  1. olá, tem algum artístico prá me vender? desses que vc comprou.. rsrsrs, preciso de um.. dois na verdade. me manda um whats:5499185041 - Marihelen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vendos patins, acesse os sites que informei que com certeza vai encontrar!

      Excluir
  2. Vc tem algum tradicional de rua pra vender tto querendo muito começar a patinar mais novo é muito caro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vendo patins. Acesse os sites que informei e grupos do Facebook, com certeza vai encontrar bons preços

      Excluir
  3. to achando que voce deu sorte viu? ahahah to há uns meses procurando mas não acho nenhum com preço bom :{

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. algumas comunidade dos Facebook têm bastente coisa com preço com (Classificados Patins Brasil Brique da Patinação)

      Excluir

Patine conosco, deixe seu comentário